greencard.com.br

  • Loteria de Green Cards
  • Conheça os EUA
  • Estudo nos EUA
  • Trabalho nos EUA
  • Vistos
  • Vistos


    Vistos de Estudo
    Vistos de Trabalho
    Visto Religioso

    Vistos mais Requisitados

    Certas categorias de vistos são mais concorridas. Dois tipos destacam-se, os vistos de estudo e os vistos de trabalho. 

    Os vistos de estudo são mais fáceis de se conseguir, principalmente pois há muitas empresas intermediárias que prestam bons serviços. No momento estamos escolhendo qual empresa teremos como parceira neste tipo de serviço. Tão logo tenhamos escolhido publicaremos. Para ser informado sobre este e outros assuntos cadastre-se para receber nosso jornal eletrônico clicando aqui

    Aconselhamos a contratação de empresas para vistos de estudo e de auxílio legal para os vistos de trabalho.


    Vistos de Estudo

    Vistos F1, M1 e J1 - Vistos de Estudo

    Estes vistos são para quem deseja estudar nos EUA seja em cursos de 2º grau, nível superior, pós-graduação ou simplesmente de Inglês. 

    Requisitos

    Os pedidos de vistos F1 ou J1 só podem ser protocolados fora dos EUA (pode-se solicitar alteração de status de turista para estudante mas não se pode iniciar um processo de visto de estudante dentro dos EUA). Os requisitos são:

    Noções compatíveis de Inglês (logicamente exceto para os que pretendem estudar Inglês ou estudarão em escolas que ministram aulas em outros idiomas).

    Demonstração de condição financeira para pagamento do curso e de sua manutenção nos EUA durante este.

    Ser aceito em uma escola credenciada pelo Serviço de Imigração (INS).

    Demonstrar vínculos com o país de origem.

    Obter da escola um formulário I-20 para preenchimento.

    Ter um passaporte válido por pelo menos 6 meses após a data de retorno.

    2 fotos 5x7.


    Passos

    Tirar um passaporte novo ou confirmar se o que você já possui será válido por até 6 meses após a data do seu retorno.

    Entrar com um pedido no Consulado ou Embaixada (certas empresas providenciam tudo).

    Pagar a taxa de solicitação de visto (hoje US$ 45.00)

    Completar e assim o formulário OF-156 (IAP-66 para vistos J1)

    Apresentar a documentação comprobatória dos requisitos (acima) e fotos.

    O visto J1 é mais um visto de intercâmbio de que de estudo propriamente dito, apesar de serem estudantes a maioria de seus portadores.


    Veja Estudo nos EUA para maiores informações



    Vistos de Trabalho

    Os Vistos de Trabalho mais comuns são os vistos H1A, H1B.

    Vistos H1A - Para informações gerais veja Categoria de Vistos

    Profissionais de Enfermagem, fisioterapeutas e outros trabalhadores especializados em áreas de enfermagem e reabilitação tinham até 1997 facilidades enormes para conseguir um visto de trabalho. Diferentemente do que muitos sites desatualizados dizem, hoje, a situação é um pouco mais complexa e demorada mais ainda é animadora. Não podem conseguir vistos H1B como os trabalhadores de outros ramos, não por impedimento de lei mas porque, como o visto H1B exige nível superior, o empregador americano que se dispusesse a solicitar um visto H1B para um profissional de área enfermagem teria que comprovar que todas suas atuais enfermeiras teriam nível superior (a lei exige igualdade de condições) e isto não ocorre.

    Não há, no momento, uma regra clara informando como proceder. O que é aconselhado por especialistas em imigração é um procedimento mais demorado mas que, se bem sucedido, permite ao profissional não somente permissão para trabalhar, mas também o green card. É incrível mas é verdade.

    A mudança na lei ocorrida em 1997 altera os procedimentos para o visto temporário mas não a facilidade de se conseguir um green card para portadores de visto H1A, isto é, o ajuste de status para residente permanente para quem já estava no país com visto de profissional de saúde. Assim sendo, ao invés de se pleitear um visto de trabalho, quando se consegue um empregador disposto a patrocinar seu visto, entra-se com um pedido de visto permanente baseado em emprego (EB3). Neste ínterim você deve ir aos EUA, ao estado onde está seu pretenso empregador, para certificar-se da validade de seu diploma brasileiro e providenciar o exame de habilitação estadual para trabalho em sua área. Esta habilitação deve ser conseguida antes de a autorização para o visto ser concedida. Se pedido for aceito você não só terá conseguido um emprego mas também o green card.

    Note que isto é possível mas incerto e só deve ser tentado com auxílio de experientes advogados especializados em imigração. Não tome nenhuma atitude sem antes consultar este de profissional.

    Visto H1B - Informações gerais em Categoria de Vistos

    Os vistos H1B são alocados a partir do dia 1º de outubro a ano (início do ano fiscal) e tão logo se complete o limite de 195.000 vistos nenhuma petição será aceita até 1º de outubro do próximo ano. Como as exigências são muitas e complexas deve-se sempre agir com a maior antecedência possível.

    A família que acompanha a portador do visto (cônjuge e filhos solteiros menores de 21 anos) pode permanecer legalmente no país mas nenhum dos familiares poderá trabalhar, a menos que consiga um empregador que solicite um visto para eles também. Pode-se conseguir mais de um visto H1B (trabalhar em mais de uma empresa).

    O visto H1B só é dado a pessoas com formação pelo menos superior. Se este curso superior não foi feito nos EUA é necessário obter uma avaliação de credencial acadêmica, isto é um estudo para se obter a confirmação de que seu curso superior será reconhecido nos EUA.

    Se o tipo de emprego conseguido exigir (quase sempre ocorre) você terá que obter uma licença de trabalho do estado onde você conseguir o emprego. Isto é feito mediante um exame de avaliação (board exam).

    Para haver uma oferta de emprego pressupõe-se que não há trabalhador legal nos EUA disponível, no momento, para preencher aquele posto. Esta ausência de mão-de-obra nos EUA é comprovada por meio de um processo denominado Labor Certification (LCA). Este processo examina a oferta de emprego em um mercado específico, a fim de certificar a falta de mão-de-obra americana ou residente legal naquela região e, também, que a posição oferecida é uma ocupação especializada, isto é, requer o uso de conhecimento prático e teórico especificado, além de um diploma de, no mínimo, bacharelado. Seu objetivo é confirmar que nenhum trabalhador americano ou residente legal estará sendo prejudicado. Labor Certificate é o formulário oficial que confirma a oferta de emprego (o processo corre no Departamento de Trabalho - DOC) e que a vaga preenche os requisitos a seguir:

    O emprego existe;

    Não há trabalhador de americano ou residente legal disponível, no momento, para preenchê-lo;

    Não há restrição ao candidato à vaga;

    O salário será o mesmo de um cidadão americano.


    Visto Religioso

    O chamado Visto Religioso (vistos R) apesar de religioso é enquadrado como visto de trabalho pois nos Estados Unidos
    os cargos religiosos são, normalmente, remunerados.

    Visto R - Veja informações gerais em Categoria de Vistos

    Religiosos que desejam emigrar para desempenhar, temporariamente, funções religiosas devem solicitar o visto R. São considerados trabalhadores religiosos aqueles que receberam oferta de emprego em alguma das seguintes funções religiosas:
    Intérpretes, missionários, tradutores, padres, pastores e similares.

    Requisitos:

    Ser membro de organização religiosa reconhecida nos EUA e sem fins lucrativos por tempo superior a 2 anos.

    A emigração dar-se-á para emprego em atividade puramente religiosa independentemente da formação acadêmica.

    No caso de retorno (com visto R) é necessário ter estado pelo menos 1 ano ausente dos EUA (caso tenha permanecido nos EUA com visto R por mais de 5 anos).

    Além dos requisitos comuns à solicitação de qualquer visto (preenchimento do Formulário - 156, passaporte e fotografias) deve-se levar os seguintes documentos:

    Prova de que a organização religiosa é isenta de taxação (não tem fins lucrativos).

    Carta da organização nos EUA (a específica onde ele irá trabalhar) que fez a oferta de emprego certificando:

    - que as filiais nos EUA e no Brasil pertencem à mesma organização.
    - que a pessoa pertence a esta organização há mais de dois anos.
    - se a vaga for para profissionais com curso superior em teologia ou semelhante, deve-se apresentar comprovações de conclusão do curso.
    - se a vaga não necessita de curso superior, deve-se comprovar que a pessoa está apta ao desempenho da função.
    - se a vaga é para padres, pastores ou similares, deve-se comprovar a autorização para desempenho deste ministério.

    Documentos informando a remuneração, comissão e outras formas de compensação cabíveis, se há oferta de residência e outros benefícios e uma certificação de que o pagamento será efetuado em contrapartida ao trabalho desempenhado.

    O nome e endereço de unidade específica para o qual o imigrante prestará serviços.

    Normalmente as instituições religiosas dão o necessário apoio aos emigrantes.

     

    Como não vimos atualizando a página, ela pode ter informações que não sejam mais válidas. Por favor confirme em sites
    oficiais os procedimentos corretos e/ou completos. Visite http://travel.state.gov/visa/visa_1750.html para informações sobre
    vistos de todos os tipos.

    Assuntos RelativosAssuntos relacionados

    Marketing Digital & Design - Clicktime