greencard.com.br

  • Loteria de Green Cards
  • Conheça os EUA
  • Estudo nos EUA
  • Trabalho nos EUA
  • Vistos
  • Depoimentos


    Depoimentos de Alguns de Nossos Sorteados

    Aqui estão depoimentos de nossos sorteados com opiniões sobre nosso serviço e sobre a vida nova nos EUA.
    Esperamos ter aqui, no futuro, seu depoimento.


    Meu nome e Alexandre e foi com muita alegria que recebi no ano de 2002, a noticia que tinha sido sorteado na loteria dos vistos. Ja tinha se passado um tempo após eu ter enviado a inscrição e não estava tão confiante que iria ser sorteado, mas sempre temos aquela esperança. Foi uma surpresa muito boa pois quando um dia cheguei em casa, era maio de 2002, e vejo aquele envelope grande escrito meu nome e vindo dos Eua, nao acreditei, abri o envelope e vi que tinha sido mesmo sorteado. Preenchi o mais rápido possivel os documentos exigidos e mandei de volta para os EUA para esperar a data da entrevista. Levou mais uns 8 meses de espera para chegar outra carta com a data e horário da entrevista, a minha carta chegou no final de Janeiro de 2003 e a minha entrevista era para o comeco de Março no Rio de Janeiro. Ocorreu tudo bem na entrevista, nunca me senti tão nervoso como naquele dia pois a esperança de ganhar o Greencard é muito grande. Uma semana depois já estava embarcando para os EUA.

    O Greencard é o documento que todo o imigrante sonha em ter. Com o Greencard fica tudo mais fácil, você pode trabalhar onde quiser, estudar, tirar carteira de motorista e muitas outras coisas. E sem falar que pode ir e voltar para o Brasil a hora que quiser sem ficar com aquele medo na hora de entrar nos EUA. Hoje é dia 9 de Maio de 2003, já fazem uns 2 meses que estou aqui, já arrumei emprego e a cada dia que passa descubro coisas novas e me animo mais para morar aqui. Agora que tenho o Greencard a historia é outra, quando as pessoas vêm aqui e somente têm o visto de turismo elas pensam em ficar uns 3, 4, 5 anos guardar um bom dinheiro e voltar, agora é diferente pois com o greencard você tem outras oportunidades e as coisas acontecem mais facilmente. Bom acho que é isso vou ficando por aqui, digo a todos não percam a esperança, vale a pena se inscrever e esperar pois a compensação é muito grande, e não esqueçam quando decidirem fazer a inscrição comecem a fazer um curso de inglês pois quando você chega aqui e já sabe inglês é mais facil começar.

    Tive uma assistência muito boa por parte do pessoal da Greencard.com.br, na pessoa do Alex, que me auxiliou desde o comeco até o final sem cobrar nada a mais e sempre torcendo por mim. Agradeço a todos e desejo Boa Sorte aos que irão se inscrever.



    Minha felicidade é enorme por ter sido sorteada na Loteria do Green Card, para o ano fiscal de 2001. Estou aguardando a entrevista muito confiante e quero contar como tudo aconteceu. Eu sou Walquíria, trabalho há quatro anos em uma empresa de treinamento e consultoria, onde tenho acesso à incríveis profissionais do Brasil inteiro, consultores de renome e a maioria com experiência internacional, ótimas cabeças, com as quais procuro aprender sempre. 

    Há exatamente 2 anos atrás conheci um professor da UNICAMP, com quem tive oportunidade de conversar longamente. E ele disse-me: "Você é uma garota de muito potencial!!! O que você precisa é morar algum tempo no exterior.."

    Aquelas palavras não saiam da minha cabeça, mas eu me sentia muito impotente, parecia fora da minha realidade. Mesmo assim comecei a me interessar pelo assunto, pesquisar, conversar com pessoas que tiveram essa experiência e enché-las de perguntas... Fiz uma assinatura da revista VOCÊ.SA assim que ela foi lançada. Em todas as edições sempre havia alguma matéria enfatizando a importância da experiência internacional, de um MBA no exterior, de um período sabático, de dominar várias línguas, e que atualmente para um profissional chegar a ser um executivo de alto escalão isto tudo é pré-requisito. Comecei a pesquisar sobre como conseguir tudo isso e são muitos abstáculos, sobretudo financeiro. 

    Passou mais um ano, e surgiu a oportunidade de uma viagem de trabalho, com duração de uma semana para a Itália, com tudo pago. Foi muita emoção. Mas me senti muito limitada como profissional, lá garçons, taxistas, recepcionistas, vendedores, todos falam umas três línguas. E eu só Português. Desanimei em ver como era alto o custo de vida na Europa e como eu era pouco qualificada. 

    Comecei a estudar inglês, continuei lendo, pesquisando e até me comunicando com pessoas que moram fora do país através da Internet. Até que num belo dia, vi no Jornal Nacional uma reportagem sobre a Loteria do Green Card. Procurei na Internet através dos buscadores para ver se obtinha maiores informações. Foram listadas várias empresas virtuais que prestavam assessoria para que a inscrição fosse feita dentro dos padrões exigidos. Entrei em uma por uma. Li tudo o que cada uma falava. E a empresa que me transmitiu maior credibilidade foi a Greencard.com.br, porque era a que melhor apresentava as informações e determinava quais seriam seus compromissos. Eu não poderia ter feito escolha melhor. Recebi rapidamente os documentos que deviam ser assinados, e depois a comprovação de que minha inscrição foi enviada. Achei legal cada pessoa poder concorrer com apenas uma inscrição, nada mais justo, assim todos tem a mesma chance. Vi em um site que aproximadamente 2 milhões de pesssoas fazem a inscrição e 100 mil são sorteadas. Isto é uma chance de 5%. Acho altíssima pelos benefícios de ter a oportunidade de estudar, trabalhar e viver legalmente nos Estados Unidos. Para uma pessoa casada, se os dois cônjuges fizerem a inscrição, as chances sobem para 10%. E as pessoas podem concorrer todos os anos. 

    Agora vem a melhor parte: Cheguei em casa e encontrei um envelope em inglês. Abri e isso mesmo... Fui sorteada!!! Recebi uma carta dizendo que eu deveria preencher vários documentos e enviá-los imediatamente. Senti uma explosão de felicidade e ao mesmo tempo um desespero enorme, eu não domino inglês, aquela era a oportunidade da minha vida, meu grande sonho. Para que fosse dado continuidade no processo do meu Green Card os documentos deveriam ser enviados imediatamente e corretamente. E agora? Lembrei-me que a Greencard.com.br havia prometido que para as pessoas sorteadas que tivessem feito inscrição através deles seria oferecido assessoria sem nenhum custo. Mas para garantir fui atrás de todos os meus amigos que sabem inglês. É incrível, ou as pessoas não tem tempo para te ajudar ou têm medo de te orientar de forma errada e acabar te prejudicando. Todas as pessoas que procurei acharam o máximo eu ter sido sorteada e disseram que me ajudariam no que pudessem, mas naquele momento era pouco, não servia me dizer, "no final de semana eu te ajudo" eu precisava naquele momento. O e-mail que mandei para a Green Card foi respondido rapidamente perguntando o meu telefone para que eles entrassem em contato comigo. Pediram para que eu passasse um fax de todas as páginas que eu tinha recebido, traduziram tudo para mim, me deram todas as orientações de como eu deveria preencher cada campo de cada formulário e principalmente foram 100% disponíveis, me forneceram telefones convencionais e celular, me deram toda atenção. Ligaram para mim e passaram e-mail várias vezes. 

    E agora eu estou me sentindo muito segura e muito grata, porque sei que os meus documentos foram preenchidos de forma correta e encaminhados em tempo hábil. Estou mergulhando de cabeça no inglês e preparando os documentos para a entrevista. Tenho muita fé que tudo vai dar certo porque quando a gente quer muito alguma coisa o universo inteiro conspira a nosso favor. Sei que não foi por acaso que encontrei pessoas como Aleksander e Luciana no meu caminho. Muito obrigada de coração.



    Comecei a estudar inglêsDesde o dia que assinei a pré-inscrição que me foi enviada tive a certeza de que aquilo mudaria alguma forma minha vida ... Não sei explicar direito mas sabia que seria sorteada. Minha vida tinha dado um nó. Tinha acabado de me separar do ex-grande amor da minha vida, fiquei desempregada, e sem apoio de ninguém. Estava completamente perdida, navegando pela Internet a procura não sei de que. Não lembro o que procurei no Cadê e eis que aparece a Greencards on-line. Desde criança sempre quis morar nos Estados Unidos. Aprendi Inglês ainda guria e apesar de nunca ter vindo aqui antes considerava o Texas (onde moro hoje) como que um bairro perto de casa. Li com todo interesse, preenchi a solicitação de inscrição mas confesso que não levei muita fé de início, fui até meio agressiva nas perguntas que fiz em um e-mail. Desculpa... Era novata em Internet e honestamente não confiava na honestidade de serviços virtuais. Mas quando recebi em dois dias a pré-inscrição estranhei. As instruções eram detalhadas e senti confiança na forma com tudo era exposto. Confiei. Fiz tudo conforme vocês pediram e me inscrevi.

    A espera do sorteio é um suplício, demora demais. Eis que quase um ano depois, no início de maio recebo a carta falando do meu sorteio. Fiquei louca de alegria e super indecisa também. Já tinha conseguido um emprego, estava superando a separação mas ainda faltava alguma coisa. Sabe quando você quer mudar de vida? Liguei para a Luciana e contei sobre o sorteio e perguntei o que fazer. Mais uma vez fui muitíssimo bem instruída de como preencher os formulários e segui tudo certinho. Em fins de agosto recebia a carta chamando para a entrevista. Liguei novamente e desta vez foi o Alex (posso chamá-lo assim?) que atendeu e me disse como agir. Muita atenção e presteza novamente. Para resumir estou aqui agora, no "meu" Texas feliz da vida, trabalhando muito mas curtindo tudo.
    Tenho um pouco de culpa por não ter permitido vocês divulgarem minha carta de sorteio como vocês pediram. Eu não queria que "certas pessoas" soubessem do meu paradeiro. Agora que vocês pediram que eu contasse de minha mudança é que sinto mais aliviada de poder demonstrar toda a gratidão que tenho por vocês. Todo o tempo fui tratada com respeito, atenção e carinho. Vocês sabem o que estão fazendo e sinceramente, desejo que vocês cresçam cada vez mais. Espero que minha longa história possa fazer com que as pessoas que ainda não conhecem seu serviço possam confiar em vocês e caso seja o destino delas que venham para esta terra maravilhosa e sejam felizes como eu sou agora. Muito obrigado mesmo por tudo. Estou torcendo para vocês serem chamados para a entrevista. 

    Beijos, Gaúcha


    Estamos esperando a entrevista e torcendo muito. Nem lembrava mais da loteria quando recebemos a carta de sorteio. É estranho o que você sente. Empolgação e medo ao mesmo tempo, parece uma montanha russa.
    Queremos muito ir mas está demorando tanto... Tenho receio de que não dê mas quando vemos que vocês e o outro rapaz também ainda não foram chamados para a entrevista ficamos um pouco mais esperançosos. Deve estar havendo alguma atraso. Estamos estudando Inglês mas decidimos seguir seu conselho de não fazer ou deixar de fazer nada por causa do sorteio. Temos até setembro para ter uma confirmação ou não e vamos ver o que que dá.
    Com relação ao serviço de vocês só temos elogios. Educação, competência e presteza. Esta é a imagem que temos de vocês e também a certeza de que seus novos serviços também serão um sucesso porque trabalho com honestidade sempre é recompensado.

    Caso não sejamos chamados para a entrevista vamos nos inscrever novamente este ano. Um dia acabaremos conseguindo. Sorte na nova empreitada. 

    Abraços, Anali



    E não é que deu certo! Bem eu sou a Lucia das cartas que estão na página. Fui a primeira a ser sorteada por este serviço. No início nem acreditamos quando recebemos a carta mas correu tudo bem, fomos para e a entrevista bem preparados e estamos aqui agora.

    O começo é difícil, não falar bem o Inglês dificulta um pouco as coisas mas mesmo assim estamos empregados e vivendo muito bem. As crianças em 6 meses já estão falando e entendendo tudo enquanto eu e meu marido ainda apanhamos um pouco. Não temos a certeza se vamos ficar aqui para sempre mas tudo indica que sim. Moramos em Orlando. Conforto, segurança, trabalho e tranquilidade é o que temos aqui. É bom viver sem os sustos de pacotes, ter várias opções de emprego, poder ver as crianças estudar e progredir, com chances de um futuro sem problemas. Trabalhamos muito (como todo mundo aqui) e podemos fazer planos e ter a segurança que iremos realizá-los.
    Quanto à vocês só temos a agradecer. Vocês foram amigos o tempo todo e esperamos que agora como empresa continuem com o sucesso, vocês merecem pois são honestos e trabalhadores. Não deixem de responder os e-mails pessoalmente, a maneira amistosa de vocês nos conquista. Boa sorte e que Deus os proteja. 

    A million kisses, Lucia

     

    Assuntos RelativosAssuntos relacionados